Artérias, veias e capilares

Você está aqui: Home / Anatomia e Fisiologia Animal / Artérias, veias e capilares

Os vasos sanguíneos podem ser divididos em três tipos: artérias, veias e capilares
Os vasos sanguíneos podem ser divididos em três tipos: artérias, veias e capilares

Curtidas

0

Comentários

0

por Helivania

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

Os vasos sanguíneos, responsáveis pelo transporte de sangue por todo o organismo, podem ser divididos em três tipos: artérias, veias e capilares.

Artérias

As artérias são constituídas por paredes espessas formadas por três camadas. A mais interna é formada por células epiteliais; a mais externa, por tecido conjuntivo, fibras colágenas e elásticas; a intermediária, por fibras elásticas e tecido muscular liso.

São responsáveis pelo transporte do sangue que sai do coração para todos os órgãos. Embora esse sangue seja em sua maior parte arterial, ou seja, com grande concentração de oxigênio (O2), as artérias podem transportar também o sangue venoso, como ocorre na artéria pulmonar, que leva o sangue do ventrículo direito para o pulmão.

Veias

As veias apresentam paredes com a mesma constituição das artérias, embora sejam menos espessas. Como a pressão sanguínea é menor em seu interior, o retorno do sangue para o coração é auxiliado pelas contrações da musculatura do organismo, que pressionam as veias próximas, levando ao deslocamento do sangue. O refluxo do sangue é impedido por um sistema de válvulas no interior das veias, mantendo, assim, seu fluxo unidirecional.

As veias são responsáveis pelo transporte do sangue de volta ao coração. Esse sangue é considerado, em grande parte, venoso, pois possui alta concentração de gás carbônico (CO2), no entanto, as veias podem transportar sangue arterial, como ocorre com as veias pulmonares, que levam o sangue dos pulmões para o átrio esquerdo.

Capilares

Os capilares são formados pelo processo de ramificação das artérias em arteríolas e, em seguida, em capilares. Possuem uma parede bastante fina, com cerca de 0,008 mm de diâmetro, constituída por endotélio e uma lâmina basal, o que permite que as trocas de substâncias entre o plasma sanguíneo e os líquidos intersticiais ocorram apenas nessas estruturas e pelo processo de difusão.


Por Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

por Helivania

Compartilhe: