Níveis de organização do corpo humano

Você está aqui: Home / Anatomia e Fisiologia Animal / Níveis de organização do corpo humano

Observe a esquematização dos diferentes níveis de organização do corpo humano
Observe a esquematização dos diferentes níveis de organização do corpo humano

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe:

Ao estudar o corpo humano, podemos analisá-lo por meio de diferentes níveis de organização. Podemos estudá-lo analisando os sistemas do corpo ou então seus tecidos e até mesmo suas células. Conheceremos a seguir os diferentes níveis hierárquicos de organização do corpo humano.

Primeiramente devemos lembrar que toda matéria viva é composta por partículas denominadas de átomos. Esses átomos podem combinar-se e formar moléculas, tais como a da água.

As diferentes moléculas orgânicas formam as chamadas organelas celulares, que, por sua vez, formam as células — estruturas consideradas a unidade funcional dos seres vivos. Todos os seres vivos são formados por células, com exceção apenas dos vírus, que muitos autores não consideram sequer como formas de vida. Existem seres formados apenas por uma célula, enquanto outros possuem uma infinidade dessas estruturas, como é o caso dos humanos.

Células iguais, unidas e desempenhando a mesma função são chamadas de tecidos. O tecido nervoso, por exemplo, é formado por células especializadas na propagação de impulsos nervosos. Já o tecido muscular é responsável pela contração e realização de movimentos, enquanto o tecido ósseo garante nossa sustentação. Percebe-se, portanto, que diferentes grupos de células atuam juntos para promover uma determinada função.

Os tecidos podem estar organizados em órgãos. Os ossos, por exemplo, são órgãos formados principalmente por tecido ósseo. Já o coração é formado basicamente por tecido muscular.

Os órgãos, por sua vez, podem estar interligados para desempenhar uma função maior, formando, assim, os sistemas. Os órgãos do sistema digestório, por exemplo, possuem diferentes funções, porém todos juntos atuam na captação dos nutrientes presentes nos alimentos. O mesmo acontece com os órgãos do sistema respiratório que atuam para garantir a captura eficiente de oxigênio e a liberação de gás carbônico.

Por fim, esses sistemas estão todos interligados por um bem maior, que é o funcionamento do nosso organismo como um todo. Sendo assim, o organismo pode ser definido como um conjunto de sistemas.

De maneira resumida, podemos representar os níveis hierárquicos de organização do corpo humano da seguinte forma:

Átomos → Moléculas → Organelas → Células → Tecidos → Órgãos → Sistemas → Organismo


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: