Os movimentos respiratórios

Você está aqui: Home / Anatomia e Fisiologia Animal / Os movimentos respiratórios

Para o ar entrar em nossos pulmões é necessária a movimentação simultânea de músculos
Para o ar entrar em nossos pulmões é necessária a movimentação simultânea de músculos

Curtidas

0

Comentários

0

por Vanessa

Compartilhe:
Por Vanessa Sardinha

A respiração pulmonar é um processo que consiste basicamente na obtenção de oxigênio e liberação de gás carbônico. Apesar de parecer simples, diversos músculos e estruturas participam ativamente para que o oxigênio consiga chegar até os nossos pulmões e para que o gás carbônico saia de nosso corpo.

Dois movimentos estão envolvidos com a renovação do ar nos pulmões: o movimento de inspiração e o de expiração. Para que esses movimentos ocorram é fundamental a participação dos músculos intercostais, que interligam as costelas, e do diafragma.

Quando ocorre a contração do diafragma, este se abaixa e ocorre o alongamento da caixa torácica. A contração simultânea dos músculos intercostais faz com que as costelas se elevem e, consequentemente, ocorra uma expansão da caixa torácica. Com o aumento do volume do tórax, observa-se que ocorre uma diminuição da pressão dos pulmões, fazendo com que o ar entre nesse local. A entrada de ar nos pulmões recebe o nome de inspiração.

Após esse movimento observa-se um relaxamento dos músculos intercostais e do diafragma. Ocorre então a retração do pulmão e a caixa torácica volta ao seu tamanho normal de repouso. A pressão intrapulmonar aumenta e o ar então é jogado para fora, em um processo conhecido como expiração.

Cada movimento respiratório é composto por uma inspiração e uma expiração. Em condições normais o ser humano possui um ritmo respiratório em torno de 14 movimentos por minuto.


Observe o movimento do diafragma durante a inspiração e a expiração.

A regulação do ritmo respiratório ocorre independente de nossa vontade, ou seja, não precisamos nos lembrar de realizar os movimentos respiratórios. No bulbo cerebral está localizado o centro respiratório, que é responsável por controlar essa função vital do nosso corpo. Ao perceber que o nível de oxigênio está baixo, ocorre o envio de estímulos para os músculos intercostais e para o diafragma, para que o movimento respiratório aconteça.

Curiosidade: Algumas drogas podem ocasionar a depressão do centro respiratório, causando a morte por insuficiência respiratória.


Por MA. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: