Pressão arterial

Você está aqui: Home / Anatomia e Fisiologia Animal / Pressão arterial

Aferir a pressão arterial é de suma importância
Aferir a pressão arterial é de suma importância

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe:
Por Vanessa Sardinha

O coração é o órgão muscular responsável por bombear o sangue para o nosso corpo. Quando o sangue é impulsionado, ele acaba exercendo certa força contra as paredes das artérias. Essa força é chamada de pressão arterial e pode ser definida como a pressão que o sangue em circulação exerce nas paredes de nossas artérias.

Os valores normais da pressão arterial são determinados por ações do sistema nervoso, sistema cardiovascular e os rins. Distúrbios nesses sistemas e órgãos podem alterar a pressão arterial e causar problemas, como a hipertensão.

Quais são os valores normais da pressão arterial?

Ao analisar a pressão arterial, percebemos que ela é composta por dois números. O primeiro, que é o maior valor, representa a pressão sistólica, ou seja, a pressão do sangue quando ele é bombeado para o corpo. Já o valor menor é a pressão diastólica e representa a pressão no momento em que o coração relaxa entre um batimento e outro. Esses valores são medidos em milímetros de mercúrio.

Uma pressão considerada ideal é aquela que está com valores de 120/80 mmHg. Em pacientes com diabetes e problemas renais, o ideal é que a pressão esteja menor que 130/80 mmHg.

Quando os valores atingem mais de 140/90mmHg, dizemos que o paciente está com hipertensão, um problema grave que pode ocasionar infartos, acidentes vasculares encefálicos e insuficiência renal. A hipertensão pode ser desencadeada, por exemplo, pela obesidade, sedentarismo, má alimentação, consumo excessivo de sal, tabagismo e alcoolismo.

Vale frisar que a pressão arterial pode sofrer variações consideráveis de acordo com o estado do paciente. Entre os fatores que podem alterar temporariamente a pressão arterial, podemos citar a realização de exercícios, fortes emoções, consumo de álcool, dores e a idade.

Como é medida a pressão arterial?

A pressão arterial pode ser medida de diversas formas, tais como a técnica auscultatória com uso de esfigmomanômetro de coluna de mercúrio ou aneroide ou ainda aparelhos semiautomáticos digitais. Atualmente, percebe-se mais frequentemente o uso de equipamentos aneroides e semiautomáticos.

Apesar de ser relativamente simples, antes de se realizar a medição da pressão arterial, deve ser feita uma avaliação de alguns critérios. Primeiramente, deve-se garantir que o paciente esteja calmo e em um ambiente com temperatura agradável. O recomendado é que ele fique em repouso por pelo menos cinco minutos. Deve-se verificar ainda se o paciente está com a bexiga vazia, não praticou exercícios nas últimas horas e não bebeu bebidas alcoólicas ou café. Além disso, ele não deve ter se alimentado ou fumado na última meia hora.

Além dessas recomendações, é importante que o paciente esteja posicionado de maneira adequada. O ideal é que ele esteja sentado, com pernas descruzadas, pés no chão e costas apoiadas no encosto da cadeira. O braço deve ser colocado na altura do coração, o cotovelo deve estar levemente flexionado e a palma da mão deve estar virada para cima.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: