Feromônios

Você está aqui: Home / Biologia Celular / Feromônios

Trilhas de diversos insetos sociais são demarcadas por feromônios
Trilhas de diversos insetos sociais são demarcadas por feromônios

Curtidas

0

Comentários

0

por Helivania

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

A comunicação entre os animais pode realizar-se de diversas formas, sejam elas sinais visuais, sonoros e até químicos. Na comunicação química, são secretadas substâncias denominadas de semioquímicos. Quando a ação dessas substâncias ocorre entre indivíduos de mesma espécie, denominamos essas substâncias de feromônios.

  • O que é um feromônio?

O feromônio pode ser considerado um mensageiro químico entre os indivíduos e possui diversas funções, como demarcação de território, aviso de predadores e marcação de trilhas.

Existem diversos tipos de feromônios, que podem ter ação praticamente imediata no comportamento do receptor dessa substância ou podem desencadear alterações fisiológicas ou neuroendócrinas que causarão mudanças na fisiologia ou comportamento do receptor.

Podemos observar um exemplo de ação imediata no feromônio liberado pelas formigas forrageiras quando detectam uma fonte de alimento. Elas marcam seu caminho de volta ao formigueiro com o feromônio e este guia o restante do grupo até aquela fonte.

  • Feromônios e a atração sexual

Os feromônios também estão relacionados com a atração sexual. As fêmeas do bicho-da-seda, por exemplo, liberam o feromônio denominado de Bombicol para atrair os machos para o acasalamento. Os machos possuem grandes antenas com milhares de receptores olfativos que percebem a presença da fêmea a quilômetros de distância.

Curiosidade: Como os feromônios atuam no processo reprodutivo, são realizados diversos estudos sobre os feromônios de algumas espécies, principalmente de insetos, para que possam ser empregados no manejo de pragas.


Por Ma. Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

por Helivania

Compartilhe: