Interfase

Você está aqui: Home / Biologia Celular / Interfase

Observe atentamente as etapas da interfase, a fase que precede uma divisão celular
Observe atentamente as etapas da interfase, a fase que precede uma divisão celular

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe:

As células são as unidades funcionais e estruturais dos seres vivos, sendo responsáveis por diversas atividades diretamente relacionadas com a sobrevivência de um organismo. Essas estruturas são capazes de se reproduzir e dar origem a células-filhas em um processo denominado de divisão celular.

A divisão celular faz parte do chamado ciclo celular, que se inicia quando uma célula surge e finaliza-se quando ela origina as células-filhas. O período compreendido entre uma divisão celular e outra é chamado de interfase, uma das etapas mais longas do ciclo celular.

Na interfase, fase de intensa atividade, observam-se os filamentos de cromossomos descondensados no interior do núcleo formando a cromatina. Nesse período, verifica-se também uma produção ativa de moléculas de RNA, que serão utilizadas para a síntese de proteínas, a duplicação das moléculas de DNA e o crescimento da célula.

Etapas da Interfase

A interfase, maior fase do ciclo celular, é dividida em três etapas básicas: G1, S e G2. A letra S é usada para simbolizar a palavra Synthesis, ou seja, a fase de intensa síntese de DNA. Já G1 e G2 fazem referência à palavra Gap, que significa intervalo, ou seja, os períodos G1 e G2 indicam o antes e o depois da produção do DNA.

Na fase G1, que se inicia após a citocinese de uma divisão anterior, a célula começa a aumentar de tamanho e a duplicar os componentes dispostos no citoplasma. Em G1, também são produzidas moléculas de RNA, que atuarão na síntese de proteínas.

Na fase S, como dito anteriormente, inicia-se a duplicação do material genético da célula. Ao final do processo, a célula terá o dobro de DNA, o que permitirá que, no final da divisão, sejam formadas duas células idênticas com o mesmo número de cromossomos.

Terminada a fase S, inicia-se a fase G2, que continuará até o início da divisão celular. Como a síntese de DNA é finalizada, a produção de RNA e a síntese de proteínas são retomadas. Em G2, a célula continua aumentando seu tamanho e duplicando as organelas. Como o volume da célula sofreu um grande aumento, faz-se necessário o início da divisão celular.

As etapas da interfase correspondem a 95% do ciclo celular, e sua duração depende das condições fisiológicas nas quais uma célula encontra-se. As células do epitélio intestinal de um rato, por exemplo, apresentam a fase G1 com duração de 9 h, fase S com duração de 7h, G2 com duração de 1 a 5 horas e mitose com apenas 1 hora.

Vale frisar que as etapas G1, S e G2 ocorrem em células que entrarão em divisão celular. Algumas células que se dividem com pouca frequência podem ficar por tempo indeterminado em um período conhecido como G0, em que a célula permanece ativa, mas sem se preparar para a divisão. Uma célula permanecerá em G0 até que seja estimulada.

Veja também: Meiose e Mitose.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: