Vitamina A

Você está aqui: Home / Biologia Celular / Vitamina A

A cenoura é um exemplo de alimento rico em vitamina A
A cenoura é um exemplo de alimento rico em vitamina A

Curtidas

0

Comentários

0

por Vanessa

Compartilhe:
Por Vanessa Sardinha

As vitaminas são micronutrientes fundamentais para o funcionamento do organismo que devem ser adquiridos por meio da alimentação. Em razão da incapacidade do corpo de produzir algumas dessas substâncias, uma alimentação deficiente pode desencadear problemas graves de saúde.

Normalmente as vitaminas são classificadas em hidrossolúveis e lipossolúveis. Nesse último grupo, podemos destacar a vitamina A, que constitui um grupo de compostos que inclui o retinol, retinaldeído, ácido retinoico e os carotenoides, que funcionam como precursores do retinol.

A vitamina A pode ser encontrada tanto em alimentos de origem animal, como leite, fígado e gema de ovo, quanto em alimentos de origem vegetal, tais como vegetais folhosos, amarelos e frutas de coloração que variam do alaranjado ao amarelo. Nos alimentos de origem animal, ela pode ser encontrada na forma de vitamina A pré-formada, já nos de origem vegetal ela pode aparecer na forma de pró-vitamina A.

Essa vitamina atua principalmente na visão, mas também possui um importante papel no funcionamento do sistema imunológico, na manutenção da saúde das mucosas, no crescimento e desenvolvimento, na defesa antioxidante e na reprodução.

Como já ressaltado, nosso corpo é incapaz de produzir vitaminas. Todavia, algumas podem ser armazenadas, como é o caso da vitamina A. Essa vitamina fica armazenada no fígado, podendo ser utilizada de acordo com a necessidade do corpo. Vale destacar, no entanto, que se não for feita uma alimentação adequada, os níveis dessa vitamina podem cair consideravelmente, desencadeando problemas graves de saúde.

Um dos principais problemas causados pela deficiência de vitamina A é a xeroftalmia, que se caracteriza por deixar o olho seco, podendo desencadear cegueira total. O primeiro sinal dessa deficiência aparece com a cegueira noturna, uma condição que ocasiona uma diminuição da capacidade de enxergar em locais com pouca luminosidade. Além de afetar a visão, a falta dessa vitamina produz ressecamento da pele e perda de paladar.

Todas as pessoas necessitam de vitamina A, mas alguns grupos devem ter atenção especial. Esse é o caso de crianças que estão iniciando a complementação ao leite materno e mulheres em fase de amamentação. De acordo com a recomendação da Organização Mundial de Saúde, mulheres adultas devem ingerir cerca de 700 µg de vitamina A diariamente, enquanto homens necessitam de 900 µg. Para mulheres grávidas, a recomendação é de, em média, 760 µg/dia, variando de acordo com a idade da paciente. Em lactantes, a recomendação média é de 1250 µg/dia, havendo também alterações em relação à idade.

Observa-se, portanto, que a quantidade de vitamina A necessária para que o organismo realize suas funções é bastante pequena, o que também se aplica a outras vitaminas. Portanto, uma alimentação saudável é suficiente para garantir a saúde do corpo.

Ter uma alimentação saudável pode ser a solução para os mais variados problemas de saúde. Pense nisso!


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: