Fitocromos

Você está aqui: Home / Botânica / Fitocromos

Os fitocromos são os principais fotorreceptores envolvidos no fotoperiodismo
Os fitocromos são os principais fotorreceptores envolvidos no fotoperiodismo

Curtidas

0

por Helivania

Compartilhe:

Os fitocromos são pigmentos proteicos responsáveis pela absorção de energia da luz e influenciam a floração e a germinação das sementes. Existem dois tipos de fitocromos:

Fitocromo FV: absorve comprimentos de ondas de cerca de 660 nanômetros, que são correspondentes à luz vermelha;

Fitocromo FVE: absorve comprimentos de ondas de 730 nanômetros, que são correspondentes à luz vermelha extrema;

Os fitocromos ocorrem nas plantas em uma quantidade bem inferior em relação a outros pigmentos, como a clorofila. Eles são sintetizados no escuro na forma FV e convertem-se em FVE quando expostos à luz vermelha, presente na luz solar.

Reações de fotoconversão

As reações de fotoconversão são as mudanças que ocorrem quando uma molécula de FV absorve um fóton de luz de 660 nm e é convertida a FVE e quando uma molécula de FVE absorve um fóton de luz de 730 nm e é convertida a FV.

Na presença de luz solar, a concentração dos fitocromos tende a manter um equilíbrio, já que há a presença dos dois comprimentos de onda.

Foi observado em eudicotiledôneas que esse processo de conversão do FVE em FV também pode ocorrer no escuro. Todavia, no escuro, pode haver também o processo de destruição do FVE.

A forma FVE é biologicamente ativa e, na concentração adequada, desencadeia respostas biológicas, como a germinação de sementes e floração de plantas de dia longo. A forma FV é inativa.

Assim, os fotorreceptores funcionam como interruptores biológicos, ligando e desligando as respostas biológicas. Quando o FVE retorna à forma FV, as respostas biológicas que foram induzidas podem ser revertidas.


Por Ma. Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

por Helivania

Compartilhe: