Aposematismo

Você está aqui: Home / Ecologia / Aposematismo

 A borboleta-monarca apresenta gosto desagradável, sendo evitada pelos predadores
A borboleta-monarca apresenta gosto desagradável, sendo evitada pelos predadores

Curtidas

0

Comentários

0

por Vanessa

Compartilhe:
Por Vanessa Sardinha

 Muitos animais são admirados por suas cores chamativas e singulares. A coloração que tanto nos encanta esconde uma variedade de funções importantes para a sobrevivência desses seres vivos. As cores relacionam-se com a camuflagem, mimetismo, atração de parceiros e funcionam até mesmo como advertência.

Animais que apresentam coloração de advertência, característica denominada de aposematismo, caracterizam-se por possuir cor vistosa facilmente observada por outros seres. Diferentemente da maioria das presas, as espécies aposemáticas não querem se esconder e sim serem avistadas por seus predadores.

As espécies que apresentam coloração de advertência,geralmente são impalatáveis, ou seja, não possuem um gosto que atrai o predador. Algumas vezes, além do gosto desagradável, esses animais são capazes de produzir substâncias tóxicas que podem causar mal-estar, vômitos e até a morte do predador.

A borboleta-monarca (Danaus plexippus) é um exemplo clássico de espécie aposemática. Ainda na fase larval, essa espécie de borboleta acumula substâncias de gosto desagradável provenientes das plantas que come. Quando cresce, o gosto ruim permanece em seu corpo a e a coloração de suas asas avisa o predador a respeito de sua impalatabilidade.


As rãs do gênero Phyllobates são extremamente venenosas.

Outro exemplo de espécies aposemáticas são as rãs do gênero Phyllobates, que possuem toxinas em sua pele tão fortes que são capazes de matar diversos homens caso entre em contato com a corrente sanguínea. A substância presente em seu corpo é tão letal que é usada por índios para envenenar suas flechas. Assim como as borboletas-monarcas, essas rãs apresentam cor forte que indicam o perigo.

Os predadores muitas vezes não entendem o que a coloração significa, compreendendo os sinais de alerta apenas após alguns contatos desagradáveis. Outras espécies de predadores, no entanto, apresentam conhecimento inato sobre as colorações, evitando desde o nascimento entrar em contato com esses seres.

Atenção: Geralmente as cores de aviso são vermelho, preto, laranja, amarelo e branco. Evite entrar em contato com animais de coloração muito forte.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: