Gêmeos idênticos

Você está aqui: Home / Embriologia e reprodução humana / Gêmeos idênticos

Os gêmeos idênticos compartilham o mesmo material genético
Os gêmeos idênticos compartilham o mesmo material genético

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe:

Frequentemente vemos mulheres que apresentam uma gestação múltipla, ou seja, mulheres que dão à luz mais de uma criança em uma gestação. Os bebês que nascem de gestação múltipla são chamados de gêmeos, e estes podem ser semelhantes ou bastante diferentes. Quando são do mesmo sexo e parecidos fisicamente, dizemos que são gêmeos monozigóticos ou idênticos.

Os gêmeos idênticos são mais raros que os chamados gêmeos dizigóticos ou fraternos, pois são resultado da fecundação de apenas um óvulo. Por serem fruto do mesmo zigoto, os gêmeos idênticos apresentam o mesmo genoma, ou seja, o mesmo patrimônio genético, e, por essa razão, possuem o mesmo sexo e características físicas semelhantes.

Após a fecundação, a divisão e o início da formação dos dois indivíduos podem começar entre o primeiro e o décimo quarto. Em alguns casos, a divisão do zigoto ocorre precocemente, ainda no estágio de mórula, até o terceiro dia após a fecundação. Nesses casos, os gêmeos idênticos apresentam cório e âmnio individuais.

Algumas vezes, no entanto, a formação dos gêmeos inicia-se mais tardiamente, em um período entre o quarto e o oitavo dia após a fecundação. Nesse caso, o que se observa é que os embriões compartilham um mesmo cório e apresentam dois âmnios. Quando a separação ocorre após o oitavo dia e até o décimo terceiro dia, verifica-se a formação de apenas um âmnio e um cório.

Vale destacar que apesar de algumas vezes os embriões compartilharem alguns anexos embrionários, o cordão umbilical é único para cada bebê. A placenta, por sua vez, pode aparecer fundida em alguns casos.

Curiosidades:

- Algumas vezes os gêmeos monozigóticos podem nascer unidos por alguma parte do corpo, recebendo o nome de gêmeos siameses. Esses indivíduos podem nascer unidos, por exemplo, pelo crânio (craniópagos), pelo tórax e abdome (toracópagos ou xifópagos), sacro (pigópagos) e até mesmo pela pélvis (isquiópagos).

- Gêmeos idênticos não apresentam a mesma impressão digital, pois apesar de terem o mesmo material genético, a impressão digital também é resultado da interação com o meio.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: