Segmentação

Você está aqui: Home / Embriologia e reprodução humana / / A gravidez e seus acontecimentos / Segmentação

Observe o esquema ilustrando a formação da mórula e do blastocisto
Observe o esquema ilustrando a formação da mórula e do blastocisto

Curtidas

0

Comentários

por Vanessa

05 Jan 2015

Compartilhe:

Após a fecundação, diversas etapas ocorrem até que um novo ser seja formado. Logo após a formação do zigoto, ocorre uma etapa denominada de segmentação ou clivagem. Veja a seguir como ela ocorre:

Inicialmente o ovo inicia uma série de divisões mitóticas, também chamadas de clivagens, que originam células que recebem o nome de blastômeros. Essas sucessivas mitoses ocorrem sem que aconteça a fase de crescimento do ciclo celular, sendo assim, não se observa um aumento do volume do embrião. A cada divisão, as células ficam, portanto, menores.

A segmentação ocorre de acordo com a quantidade de vitelo presente em um ovo, por isso essa etapa do desenvolvimento embrionário varia de uma espécie para outra. Nos mamíferos, como os humanos, dizemos que a segmentação é do tipo holoblástica e igual. Na segmentação holoblástica igual ocorre a divisão em toda a extensão do zigoto, e as primeiras clivagens formam novas células de tamanho igual.

Até o momento em que há apenas oito células, estas estão agrupadas frouxamente, ou seja, elas não estão formando uma aglomeração em íntimo contato. Somente após a terceira clivagem ocorre a união das células, que se mantêm em contato, mais externamente, graças às zonas de oclusão e, mais internamente, através de junções do tipo gap.

Após algumas clivagens, temos uma mórula, um grupo maciço de células. Esse grupo de células recebe esse nome porque lembra uma amora, que é chamada de morus em latim. O tempo médio para que o zigoto chegue ao estágio de mórula com 16 células é de aproximadamente três dias.

As células mais internas da mórula são denominadas de massa celular interna e as dispostas mais externamente são chamadas de massa celular externa. Essas últimas estão envolvidas na formação do trofoblasto, enquanto a massa interna é responsável pela formação do embrião.

A mórula chega ao útero e observa-se a penetração de líquidos em seu interior. Gradativamente se verifica a formação de uma cavidade, que é denominada blastocele. Temos nessa fase o chamado blastocisto, que é formado por uma camada de células dispostas externamente, que recebe o nome de trofoblasto, e por uma massa de células internas, o embrioblasto.

As células trofoblásticas iniciam então a fixação do embrião no útero. Esse processo, denominado nidação, ocorre normalmente após seis dias da fecundação. Nesse momento, inicia-se a gestação.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

Comentários

por Vanessa

05 Jan 2015

Compartilhe: