Lamarckismo

Você está aqui: Home / Evolução / Lamarckismo

Segundo Lamarck, as girafas adquiriram pescoços longos após se esforçarem continuamente para conseguir alimentos em locais altos
Segundo Lamarck, as girafas adquiriram pescoços longos após se esforçarem continuamente para conseguir alimentos em locais altos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe:
Por Vanessa Sardinha

Um dos primeiros trabalhos que contradisseram as ideias fixitas foi criado por Jean-Baptiste Lamarck (1744-1829) em 1809. Em sua obra conhecida como Filosofia Zoológica (Philosophie Zoologique), Lamarck tentou explicar como os mecanismos evolutivos ocorriam. Segundo ele, todas as espécies sofriam modificações com o tempo, e essa transformação gradual levava os organismos a uma maior complexidade.

Uma das principais ideias do trabalho de Lamarck era a de que o uso de determinada estrutura fazia com que ela se tornasse mais forte, enquanto o seu desuso causava uma atrofia desse órgão. As serpentes, por exemplo, não possuíam pernas, pois estas não eram usadas com frequência pelos seus ancestrais, que acabaram perdendo essa estrutura pela falta de uso. Essa lei ficou conhecida como lei do uso e desuso.

Outro exemplo clássico dessa teoria diz respeito ao modo como as girafas adquiriram pescoços longos. De acordo com o lamarckismo, como ficou conhecida a teoria de Lamarck, primeiramente teriam surgido girafas de pescoço curto que se alimentavam de plantas de porte baixo. Alguns indivíduos, no entanto, passaram a esticar-se de maneira intencional para comer folhas em plantas mais altas. Isso fez com que o comprimento dos pescoços desses animais aumentasse pelo esforço realizado, e essa característica passou aos seus descendentes.

Outro importante ponto da teoria de Lamarck é a transmissão de caracteres aos descendentes. Ele acreditava que o indivíduo que adquiria uma característica durante sua vida podia passá-la aos seus filhos. Vamos supor que uma pessoa passe sua vida realizando treinos e fortalecendo sua musculatura. Segundo as ideias lamarckistas, os filhos dessa pessoa teriam também músculos fortes. Essa lei é conhecida como lei da herança dos caracteres adquiridos.

Atualmente sabemos que características adquiridas durante a nossa vida não podem ser passadas aos nossos descendentes, uma vez que apenas mudanças ao nível genético podem ser transmitidas. Além disso, sabemos que essas mudanças não podem ser ocasionadas por uso e desuso. Sendo assim, percebemos claramente o quanto a teoria apresenta conceitos equivocados.

Entretanto, apesar de sabermos que vários pontos do lamarckismo estão incorretos, as ideias de Lamarck contribuíram muito para o pensamento evolucionista. Ele foi um dos primeiros a perceber que o meio ambiente pode influenciar a vida dos organismos e que estes podem mudar seu comportamento diante de uma nova pressão ambiental. Apesar de muitas ideias errôneas, Lamarck foi, sem dúvidas, muito importante para a biologia.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: