Tecido adiposo

Você está aqui: Home / Histologia Animal / Tecido adiposo

Na ilustração acima, é possível perceber que a gota de gordura ocupa grande parte do citoplasma da célula
Na ilustração acima, é possível perceber que a gota de gordura ocupa grande parte do citoplasma da célula

Curtidas

0

Comentários

0

por Vanessa

Compartilhe:
Por Vanessa Sardinha

O tecido adiposo é um tipo de tecido conjuntivo que se caracteriza por possuir uma grande quantidade de gordura no interior de suas células, que recebem o nome de células adiposas ou adipócitos. Além disso, esse tecido possui uma quantidade baixa de fibras colágenas e é altamente vascularizado.

Os adipócitos acumulam lipídios na forma de gotas que ficam no interior da célula próxima à região central. Essas gotas de lipídios ficam suspensas no citoplasma da célula e não são revestidas por nenhum tipo de membrana.

As funções principais atribuídas a esse tecido são de proteger contra o frio, contra choques mecânicos e funcionar como fonte de reserva de energia. Esse tecido também está relacionado com a secreção de algumas substâncias e preenchimento de espaços entre tecidos e órgãos. Além disso, está intimamente relacionado com a forma do corpo de homens e mulheres.

Podemos classificar o tecido adiposo em dois tipos principais: o unilocular e o multilocular. No tecido adiposo unilocular, as células apresentam-se grandes e podemos observar uma única grande gota de gordura no interior de cada célula que acaba deslocando o núcleo para uma região mais periférica. Normalmente possui coloração que vai do branco ao amarelo escuro e constitui-se como a maior reserva energética do nosso corpo. A disposição desse tecido no corpo do adulto é regulada por hormônios, sendo encontrado principalmente na hipoderme, palma das mãos, pés e nádegas, além de preencher espaços entre tecidos.

Tecido adiposo multilocular (esquerda) com células com várias gotas de gordura e tecido unilocular (direita) com células com única gota de gordura
Tecido adiposo multilocular (esquerda) com células com várias gotas de gordura e tecido unilocular (direita) com células com única gota de gordura

O tecido adiposo multilocular é encontrado principalmente em recém-nascidos e fetos, porém apresenta-se em pequena quantidade em regiões do pescoço, costas, ao redor dos rins e na aorta (em pessoas adultas). Possui uma coloração mais escura em virtude da grande vascularização e do número elevado de mitocôndrias, sendo conhecido também como gordura marrom. Diferentemente do tipo unilocular, várias gotículas de gordura são observadas no interior das células, que são relativamente menores. Encontrado em grande quantidade em animais que hibernam, o tecido adiposo multilocular caracteriza-se por sua capacidade de transformar os lipídios em energia térmica, tendo, portanto, como função principal a geração de calor.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: