Hemodiálise

Você está aqui: Home / Saúde e bem-estar / Hemodiálise

Na hemodiálise, uma máquina realiza a filtragem do sangue, processo feito pelos rins no organismo sadio
Na hemodiálise, uma máquina realiza a filtragem do sangue, processo feito pelos rins no organismo sadio

Curtidas

0

Comentários

0

por Helivania

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

Para nosso organismo funcionar de forma adequada, é essencial haver um equilíbrio entre a quantidade de líquidos e de sais. Para isso, o sistema urinário é o responsável por realizar esse equilíbrio, eliminando o excesso de sais e líquidos na urina, além de substâncias prejudiciais produzidas pelo metabolismo.

Presente no sistema urinário, os órgãos responsáveis por manter esse equilíbrio entre sais e líquidos (osmorregulação) em nosso organismo são os rins. Esses órgãos realizam esse processo por meio da filtragem do sangue para a formação da urina. No entanto, algumas pessoas que apresentam insuficiência renal crônica, isto é, os rins não executam essa função de forma adequada, devem filtrar o sangue por meio de um processo denominado hemodiálise.

→ Como é feita a hemodiálise?

A hemodiálise é um procedimento que realiza a filtração do sangue por meio de uma máquina denominada dialisador, visando melhorar a qualidade de vida do doente e diminuir os sintomas causados pelo mau funcionamento dos rins. No início do tratamento, uma fístula arteriovenosa é introduzida no paciente para acessar a sua circulação. Em cada sessão de hemodiálise – que tem duração e frequência de acordo com o estado de saúde de cada paciente –, parte do sangue do corpo do paciente é retirado pela fístula e, em seguida, conduzido pela linha arterial do dialisador, onde é filtrado. Depois disso, o sangue retorna ao paciente pela linha venosa do aparelho.

Efeitos colaterais

Alguns efeitos colaterais podem surgir durante o tratamento, como cãibras e hipotensão, por causa das alterações do equilíbrio químico do organismo do paciente. No entanto, esses sintomas podem ser evitados com medicação e prescrição de uma dieta especial para esses pacientes.

Curiosidade: Pacientes que realizam hemodiálise podem viajar com a utilização de um serviço denominado “hemodiálise em trânsito”. Para isso, basta que a clínica onde o paciente realiza o tratamento entre em contato com uma clínica existente na cidade de destino e solicite a realização das sessões de hemodiálise no local enquanto o paciente estiver em viagem. Esse serviço está disponível inclusive em outros países.


Por Ma. Helivania Sardinha dos Santos

Curtidas

0

por Helivania

Compartilhe: