Protetor solar ideal

Você está aqui: Home / Saúde e bem-estar / Protetor solar ideal

Pessoas com pele clara devem usar protetor solar com fator de proteção maior
Pessoas com pele clara devem usar protetor solar com fator de proteção maior

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe:

Sabemos que proteger a pele contra os efeitos nocivos do sol é extremamente importante para a saúde. Apesar de os raios solares trazerem benefícios, a exposição inadequada está relacionada com problemas como cânceres e envelhecimento precoce.

A recomendação mais conhecida é: utilize protetor solar ao se expor ao sol. Mas, afinal, qual é o protetor ideal para cada tipo de pele? Existe diferença entre um protetor e outro? Veja a seguir algumas informações importantes sobre os protetores solares.

O Fator de Proteção Solar

O Fator de Proteção Solar (FPS) refere-se à quantidade de proteção oferecida por cada produto contra as queimaduras solares. Esse fator avalia o tempo necessário de exposição ao sol para produzir uma queimadura em uma pessoa com o produto em comparação com outra pessoa que não está utilizando nada. Com um protetor solar FPS 15, por exemplo, seria necessária uma exposição 15 vezes maior ao sol para produzir uma queimadura quando comparado com uma pessoa que não está utilizando nenhum produto.

Pessoas com pele mais clara e sensível devem usar um FPS maior do que pessoas com pele morena ou negra, uma vez que essas últimas possuem maior quantidade de melanina e, consequentemente, estão mais protegidas do sol. Geralmente, recomenda-se que pessoas muito sensíveis ao sol utilizem FPS 30 ou superior. Pessoas negras devem utilizar FPS entre 15 e 20. Entretanto, o ideal é conversar com o dermatologista a respeito do fator de proteção mais adequado.

É importante salientar que o FPS ajuda na proteção, entretanto, se a quantidade aplicada não for satisfatória e a reaplicação não for feita conforme orientação do fabricante, podem ocorrer queimaduras graves. Além disso, é importante salientar que, mesmo em dias nublados, é necessário usar o protetor, pois a radiação ultrapassa as nuvens.

Textura do protetor solar

A textura do protetor solar também é uma variável que deve ser observada na escolha do produto. Se uma pessoa apresenta pele oleosa, deve observar a composição e analisar a presença de qualquer tipo de óleo nos componentes, o que pode favorecer o surgimento de cravos e espinhas. O recomendado é que, nesses casos, sejam utilizados protetores gel ou sérum. Já em pessoas com pele seca, o ideal é o uso de protetor do tipo creme.

Crianças e o protetor solar

A proteção solar das crianças não é tão simples quanto parece. Para crianças, é fundamental procurar protetores criados especialmente para esse público e que tenham FPS superior a 30, independentemente da cor da pele. Vale destacar que crianças menores de seis meses não devem usar protetores, a não ser que seja recomendado pelo pediatra.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Curtidas

0

por Vanessa

Compartilhe: