Cárie

Você está aqui: Home / Doenças / Cárie

A causa da cárie está associada, principalmente, ao consumo de alimentos ricos em carboidratos, como os doces
A causa da cárie está associada, principalmente, ao consumo de alimentos ricos em carboidratos, como os doces

Curtidas

0

Comentários

0

por Helivania

Compartilhe:
Por Helivania Sardinha dos Santos

A cárie dentária é uma doença causada pela junção de vários fatores, que atuam em conjunto por um determinado período e acabam por causar a desmineralização do dente. Na ausência de tratamento, a cárie pode causar a total destruição da estrutura dentária.

Causas da cárie dentária

A cárie é causada por diversos fatores atuando em conjunto. São eles:

  • Dieta: é um dos fatores essenciais para o desenvolvimento da cárie, pois, para que os microrganismos sobrevivam e atuem, é necessária a presença de carboidratos, dos quais eles retiram energia e fazem seu metabolismo. Uma dieta rica em carboidrato, em especial açúcar, consumida com frequência e apresentando uma textura que favoreça a sua retenção na mucosa, como balas macias e alguns doces, é especialmente cariogênica.

  • Suscetibilidade: a suscetibilidade de um indivíduo à cárie está relacionada a diversos fatores, desde sociais, como o ambiente no qual a pessoa está inserida, até fatores genéticos. Fatores fisiológicos também devem ser considerados, como a composição, capacidade tampão e fluxo da saliva;

  • Microrganismo: a lesão da cárie ocorre com a ação do ácido produzido pelo metabolismo de algumas bactérias, em especial, a Streptococus mutans, que fermentam os carboidratos ingeridos pelo indivíduo. No entanto, a presença da bactéria não é o principal mecanismo desencadeador da cárie, já que é necessário que os outros fatores estejam presentes para desenvolvê-la.

  • Tempo: o tempo é um fator que também deve ser considerado, pois quanto maior o tempo de exposição a agentes que possam desenvolver a cárie, maior a probabilidade desse processo ser desencadeado.

Prevenção contra a cárie

A prevenção contra a cárie deve ser iniciada antes mesmo do surgimento dos primeiros dentes, por meio da higienização da mucosa do bebê com uma gaze umedecida após a amamentação. Com o surgimento do primeiro dente, passa-se a utilizar a escova, fio e creme dental.

A escovação deve ocorrer sempre após as refeições, e o uso de fio dental é indispensável para a boa higienização entre os dentes. A aplicação de flúor é um grande aliado na prevenção dessa doença. Seu uso pode ser feito com cremes dentais que contêm essa substância e enxaguantes bucais. A aplicação de flúor também pode ser feita em consultório. Em alguns casos, faz-se necessária a aplicação de selantes nas superfícies irregulares dos dentes para prevenir o acúmulo de alimentos e microrganismos que possam causar a cárie.

A prevenção, no entanto, vai além da escovação. É essencial que todos os indivíduos, já que a cárie não acontece apenas em crianças, tenham uma dieta mais rica em frutas, legumes e verduras, reduzindo o consumo de carboidratos, principalmente os refinados. Se consumi-los, é necessário realizar, em seguida, uma boa escovação dos dentes.

Tratamento

O tratamento é feito em clínicas odontológicas e consiste, basicamente, na remoção do tecido cariado e na restauração do dente.

Curtidas

0

por Helivania

Compartilhe: